Subcomitê discute cobrança pelo Uso da Água

A cobrança pelo uso da água foi um dos temas discutidos na 13ª reunião do Subcomitê Pinheiros-Pirapora/AT. O encontro, realizado (21/01) no NEA Jardim das Flores, em Osasco, contou com a presença de secretários de Meio Ambiente da região, representantes do Estado e da Sociedade Civil. Estiveram presentes Cecília de Santarém de Azevedo e Ricardo Busato, ambos do 5 Elementos.

A água será cobrada de todos os usuários outorgados que fazem captação, consumo e lançamento da água tais como empresas de saneamento (que realizam o abastecimento público, coleta, afastamento e/ou tratamento de esgotos), indústrias e usuários urbanos privados (hotéis, condomínios, hospitais, caminhões pipa e empresas de abastecimento alternativo, como os clubes). Ainda não há previsão de quando o setor agrícola começará a pagar.

Segundo Carlos Nascimento, parte dos recursos arrecadados com a cobrança da água deverá ser destinada para o gerenciamento hídrico e para a solução de problemas da Bacia, bem como para os municípios que estão em áreas de mananciais. “Diretamente, os usuários domésticos não serão afetados com a cobrança da água, mas indiretamente pode ser que sim”. Para a FABHAT, as empresas de saneamento podem sim mexer nas contas dos seus clientes. O acréscimo, contudo, não deve ultrapassar 2% do valor habitual da conta de água.




Rua Catão, 1173 – Lapa – São Paulo/SP | CEP:05049-000

55 11 3871-1944

comunicacao@5elementos.org.br

Copyright © 2019 5 Elementos - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio