Fechar X
Porque apagar a luz:
Já é um conhecimento antigo que os monitores gastam mais energia para produzir a cor branca do que a cor preta (74 e 59 watts, respectivamente). Se pegarmos como exemplo o Google, considerando que são 200 milhões de visitas diárias e que cada usuário fique 10 segundos no site, se o fundo da página fosse preto haveria uma economia de 750MWh/ano, que é suficiente para abastecer 284 famílias! Você já ajuda o planeta com um simples gesto. Basta apagar a luz! ;-)

Programa Energia Social para a Sustentabilidade Local

Uma parceria inédita entre a Odebrecht Agroindustrial e o Instituto 5 Elementos deu origem ao Programa Energia Social para a Sustentabilidade Local, um modelo inovador de gestão participativa para o desenvolvimento sustentável em nove municípios de influência direta das atividades da empresa. O propósito de integrar os laços com a comunidade já promove uma série de efeitos na construção da sustentabilidade local.

Governo local, comunidades e Odebrecht Agroindustrial passam a trabalhar juntos, por meio de fóruns coletivos – as Comissões Temáticas (CTs) e Conselhos Comunitários (Ccs) – para definição das prioridades locais e elaboração de projetos nas áreas de Cultura, Educação, Atividades Produtivas, Preservação Ambiental, Segurança e Saúde.

O programa acontece há três anos nos municípios de Mirante do Paranapanema e Teodoro Sampaio (São Paulo), Caçu, Cachoeira Alta, Mineiros e Perolândia (Goiás), Alto Taquari (Mato Grosso) e Costa Rica e Nova Alvorada do Sul (Mato Grosso do Sul). Até o final de 2012, o programa investiu 11,5 milhões de reais, contabilizando 43,7 mil pessoas beneficiadas diretamente, 165 mil pessoas em potencial atingidas, 500 eventos de mobilização comunitária e 1,5 mil profissionais qualificados. Os projetos já somam 37 iniciativas.

Em paralelo, diferentes momentos de mobilização da população e diálogos comunitários sobre documentos globais, como a Carta da Terra ou os Objetivos do Milênio, são desenvolvidos. O Cine Energia Social, por exemplo, apresenta periodicamente filmes sobre a temática ambiental em locais públicos dos nove municípios.

No final de 2012, o programa foi reconhecido entre as melhores práticas sociais e ambientais do país, com o Prêmio Gestão Socioambiental Responsável, do Instituto Internacional de Pesquisa e Responsabilidade Socioambiental Chico Mendes, além da premiação por seu desempenho pela União da Indústria da Cana-de-Açúcar (ÚNICA).

Entre as diretrizes que garantem o sucesso das iniciativas coletivas rumo à sustentabilidade, estão o enfoque na capacitação da população e do governo local, a busca por projetos autossustentáveis que não se confundam com práticas assistencialistas e a criação de políticas públicas a partir dos projetos.

Site do Programa: www.energiasocial.com.br

 

Galeria de imagens