Fechar X
Porque apagar a luz:
Já é um conhecimento antigo que os monitores gastam mais energia para produzir a cor branca do que a cor preta (74 e 59 watts, respectivamente). Se pegarmos como exemplo o Google, considerando que são 200 milhões de visitas diárias e que cada usuário fique 10 segundos no site, se o fundo da página fosse preto haveria uma economia de 750MWh/ano, que é suficiente para abastecer 284 famílias! Você já ajuda o planeta com um simples gesto. Basta apagar a luz! ;-)

Cidades Sustentáveis

Atualmente, 80% da população brasileira vive nos grandes centros urbanos, sendo estes muito agitados, violentos, barulhentos, poluídos, enfim, ambientes pouco favoráveis a qualidade de vida dos cidadãos.

A vida nas cidades tem relação direta com a água, a biodiversidade, o cultivo de alimentos, as mudanças climáticas e o uso de energia. O Instituto 5 Elementos propõe, por meio de suas ações socioeducativas, sensibilizar os cidadãos para o consumo sustentável e ampliar o contato com ambientes naturais, que propiciam a paz, silêncio e tranquilidade a população em geral, valorizando a VIDA em todos os seus aspectos.

Nas cidades sustentáveis dos nossos sonhos, as comunidades são economicamente equilibradas, socialmente justas e ambientalmente corretas, mas, para chegarmos lá, teremos de investir na educação para a sustentabilidade exercitando o “pensar globalmente e agir localmente”, envolvendo sociedade civil, governo e iniciativa privada na gestão participativa das cidades. Por isso, apoiamos a efetivação de políticas públicas voltadas aos Planos de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos, os Planos das Bacias Hidrográficas, as estratégias de produção e aquisição de alimentos da agroecologia e orgânica, a implantação da Política Municipal de Educação Ambiental e a proteção da biodiversidade local.

O Instituto 5 Elementos acredita que, para construir nossas cidades sustentáveis, será necessário que elas se tornem cidades educadoras e para que isso devemos investir e criar  espaços educadores que estimulem a criatividade e a pluralidade social, ambiental, cultural e econômica para todos.

“As cidades são organismos vivos que consomem alimentos, energia, água e outras matérias-primas e liberam resíduos de várias naturezas”.

(Abel Wolman, 1965)