Fechar X
Porque apagar a luz:
Já é um conhecimento antigo que os monitores gastam mais energia para produzir a cor branca do que a cor preta (74 e 59 watts, respectivamente). Se pegarmos como exemplo o Google, considerando que são 200 milhões de visitas diárias e que cada usuário fique 10 segundos no site, se o fundo da página fosse preto haveria uma economia de 750MWh/ano, que é suficiente para abastecer 284 famílias! Você já ajuda o planeta com um simples gesto. Basta apagar a luz! ;-)

Conselho

Conselho Consultivo

Aron Belinky – Presidente

Administrador, geógrafo, consultor e secretário executivo da EcoPress – primeira agência de notícias ambientais e do GAO- ISO 26000, atua em causas sociais e ambientais desde 1984.

Patrícia Bastos Godoy Otero – Vice-presidente

Fundadora do Instituto. Formada em Pedagogia pela PUC-SP, especialista em Teoria e Prática do Meio Ambiente pelo ISER-RJ 2ª turma; em Mídias Interativas e Práticas Pedagógicas na USP – Cidade do Conhecimento em 2003 e fez Curso Redes Sociais e Inteligência Coletivas em 2008. Participou da Formação de Lideranças em Segurança Climática do Lead – Leadership for Environmental and Development em 2008. Ambientalista a partir de 1987. Atualmente é Secretária Municipal de Meio Ambiente em Itu (SP); elo da REPEA; Conselheira do COMDEMA-Itu; Membro do CBH – Sorocaba Médio Tietê onde coordena a Câmara Técnica de EA.

Alan Gilbert Dubner

Consultor de Marketing Digital e proprietário da Cybermind Comunicação Interativa. Especialista em projetos que envolvem Mídia Social. Idealizador do Municipios Digitais, que tem como case de sucesso o portal itu.com.br e o recém lançado campinas.com.br.

Andréa Lúcia N.Villares

Advogada, formada pela PUC-SP, mestranda pela PUC-SP em direito comercial com atuação no Terceiro Setor.

Célia M. Azevedo Mizinski

Experiência em área administrativa e Programas de Gerenciamento de Voluntários. Cursos diversos na ADVB de Responsabilidade Social e de Comunicação Participativa para o Desenvolvimento local no Pipaz / Instituto da Paz.

Marta Magalhães

Formada em fisioterapia pela USP em 1984. Especialização em Cadeias Musculares GDS na Bélgica em 1999.
Clinica em consultório há vinte e nove anos.

Pedro Roberto Jacobi

Professor titular da Faculdade de Educação e Programa de pós graduação em ciência ambiental.

Rachel Soraggi

Consultoria em agricultura biodinâmica realiza trabalho em vários estados brasileiros, principalmente junto a grupos de agricultores familiares.

Sérgio Tinoco Panizza

Farmacêutico industrial e se dedica desde os 12 anos à Fitoterapia. Hoje, aos 46 anos é: Presidente do Conselho Brasileiro de Fitoterapia (CONBRAFITO); Titular da Agricultura no Comitê Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos do Governo Federal pelo CONBRAFITO; Presidente da Associação Brasileira de Fitoterapia e afins (ABRAPHYTO); Membro da Comissão Assessora de Plantas Medicinais e Fitoterápicos no Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo; Membro da Secretaria Executiva no Conselho Gestor Estadual da Rede Fito Mata Atlântica junto ao Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos; desde 2009 Conselheiro do Instituto 5 Elementos – Educação para a Sustentabilidade.

 

Conselho Fiscal

Luiz Cruz Villares

Formado em Administração de Empresas (PUC-SP), 1986; e Master in International Management “with distinction” (Thunderbird School of Global Management, USA),1992. Trabalhou nas áreas comerciais, recursos humanos e controles administrativos: Alcoa, Villares, Silex, e PRG, entre 1986 e 2001.

Atua profissionalmente no meio ambiente e terceiro setor desde 2001. Membro do Conselho Estadual do Meio Ambiente de São Paulo em 2003 e 2004. Fundou a ONG Ilhabela.org e foi membro diretor até 2010. Trabalha com Amazônia desde fevereiro 2004, com atuação nas entidades: Amigos da Terra, Instituto Peabiru (Belém PA), Fundação Amazonas Sustentável – FAS.

Franklin Kupermam

Pedagogo representante do Grupo de Trabalho de Recursos Hídricos – FIESP.

Paulo Afonso Garcia

Administrador, trabalhando no FECOP – Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição, da Secretaria Estadual de Meio Ambiente de São Paulo, acompanhando o financiamento para Prefeituras, principalmente de equipamentos e obras relacionadas à gestão de resíduos. Faz parte do Conselheiro Fiscal do Instituto 5 Elementos desde 2001.

 

Diretores

Elie Politi – Diretor Financeiro

Engenheiro químico, professor universitário, autor de livros de química, consultor ambiental em gestão e produção mais limpa.

José Henrique Clemencio Borba – Diretor Superintendente

Empresário na área de Agricultura e Pecuária, Secretário de Meio Ambiente Municipal, por um período de 8 (oito) anos do Municipio de Carapicuiba, membro da Comissão Estadual de Bacias Hidrográficas de São Paulo e do Sub Comitê Pinheiros Pirapora representando Carapicuiba.

Conheça todos o Conselheiros que já passaram pelo Instituto 5 Elementos:

AGENDA

Nenhum evento para o mês selecionado!

siga

Fechar X
Cadastre-se:
Insira seu e-mail abaixo para fazer parte de nosso mailing. Marque as opções de acordo com o tipo de comunicados que você deseja receber de nós, e seja bem vindo!