São Paulo lança Manual de Mediação de Conflitos Socioambientais

O conflito de interesses faz parte do ambiente multicultural de uma grande cidade como São Paulo e sua superação depende da capacidade de se promover o diálogo entre as partes envolvidas, cultivando princípios da cultura da paz. O Instituto 5 Elementos partilha dessa visão para a construção de sociedades sustentáveis, e junto com a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente – UMAPAZ, lança no próximo dia 31 de maio o “Manual de Mediação de Conflitos Socioambientais”. A publicação é fruto da realização do curso “Mediação de Conflitos Socioambientais”, da Prefeitura Municipal de São Paulo, que desde março desse ano já formou 116 guardas civis metropolitanos, conselheiros de meio ambiente nas subprefeituras, educadores e profissionais de várias áreas do conhecimento. O esforço de formação para a mediação de conflitos socioambientais visa reforçar o potencial dessas lideranças para a solução de problemas urbanos, no contexto de implantação das Casas de Mediação da Cidade de São Paulo, importante política pública da prefeitura.

O lançamento acontece na Escola de Astrofísica, anexa ao Planetário, no Parque do Ibirapuera. O evento conta com a presença de Sandra Inês Baraglio, autora da publicação, da organizadora do livro Gina Rizpah Besen, coordenadora de programas do Instituto 5 Elementos, Leda Ascherman, Secretária-adjunta da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo, Edson Ortega, Secretário Municipal de Segurança Pública de São Paulo e Rose Inojosa, diretora da UMAPAZ.

A publicação parte do princípio de que todos possuem potencial para se tornar um mediador e apresenta sete importantes passos para a realização da mediação, funcionando como um guia básico para a atuação da guarda civil e de voluntários nas Casas de Mediação da cidade.

Para Rizpah, o Instituto 5 Elementos já exerce o papel de facilitador de processos entre as partes interessadas – setor público, privado e terceiro setor. A publicação do manual tem o objetivo de disseminar esse conhecimento e despertar o interesse pelo tema e uso da técnica.

Os esforços voltam-se para apoiar a convivência pacífica na cidade e contribuir para a formação de uma mentalidade mediadora, que resolve pacificamente conflitos socioambientais. Segundo a autora do Manual, Sandra Inês Baraglio, a guarda civil metropolitana já cumpre uma função primordial na sociedade paulistana e a mediação de conflitos vem a somar conhecimentos às habilidades desses profissionais, principalmente ao trazer uma série de situações que podem ser simuladas e levar à diminuição de conflitos na cidade.

“A convivência entre os 11 milhões de habitantes tem sido cada vez mais complexa e o curso permite justamente a reflexão sobre essa complexidade, conhecendo-se expectativas diversas que podem ser transformadas para o bem comum”, afirma Sandra.

Na visão de Rose Marie Inojosa, coordenadora da UMAPAZ, a iniciativa oferece fundamentos para o cidadão resolver pacificamente os conflitos socioambientais da cidade, da rua na qual vive e até mesmo nas relações pessoais. “Conflitos são naturais e decorrentes da diversidade. Ao invés de fugir deles podemos optar pela caminho do diálogo. A mediação é estratégia fundamental da cultura de paz, contribuindo para relações saudáveis e criativas”, reforça Rose.

Serviço – Lançamento Manual de Mediação de Conflitos Socioambientais

Data: 31 de Maio de 2012

Horário: 14h30

Local: Escola de Astrofísica (ao lado do Planetário)

Av. Pedro Alvares Cabral s/n – Parque do Ibirapuera – portão 10.




Rua Catão, 1173 – Lapa – São Paulo/SP | CEP:05049-000

55 11 3871-1944

comunicacao@5elementos.org.br

Copyright © 2019 5 Elementos - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio