O Dia Mundial sem Carro

“São Paulo é refém. Refém de uma lógica que privilegia o particular sobre o público. Que prioriza o transporte individual sobre o coletivo. Que tira dos cidadãos o direito de escolher como se locomover. Que transforma as pessoas em prisioneiros de bolhas de falso conforto. Que limita nossa possibilidade de viver a cidade.”                       

                                                                 Carta-Manifesto 2011, Dia Mundial sem Carro + Semana da Mobilidade.

Amanhã, dia 22 de setembro, cidadãos do mundo inteiro vão deixar o carro em casa para estimular a reflexão sobre o uso excessivo do automóvel como meio de locomoção e os impactos gerados para as pessoas e a cidade.

Atualmente, a cidade de São Paulo tem em média 630 veículos para cada mil habitantes; este ano, totalizamos cerca de 7 milhões de automóveis. Ao passo que a cidade demorou oito anos para pular de 5 milhões para 6 milhões – de janeiro de 2000 a 2008 -, chegamos aos 7 milhões em apenas três anos. Tudo isso para 17 mil quilômetros de vias pavimentadas. Para efeito de comparação, na década de 1970, a capital registrava 965 mil veículos para 14 mil quilômetros de vias. É para essa realidade que O Dia Mundial sem Carro quer chamar a atenção de todos que criaram um vínculo de dependência em relação ao carro.

A cada ano, mais pessoas, governantes e entidades da sociedade civil aderem ao Dia Mundial Sem Carro como uma oportunidade de sensibilizar e mobilizar a comunidade em torno das questões relacionadas à mobilidade urbana, como qualidade de vida, poluição, saúde, eficiência, orçamento e acidentes.

O movimento teve início na França em 1997. Em 2000, a União Europeia instituiu a Jornada Internacional “Na Cidade, sem meu Carro”, reunindo 760 cidades. No ano seguinte, 1683 cidades participaram. Encorajados pelo êxito da iniciativa do Dia Europeu sem Carro, a comissão organizadora lançou, em 2002, a Semana Europeia da Mobilidade.

No Brasil, a mobilização começou em 2001, envolvendo 11 cidades. A cidade de São Paulo adotou a ideia em 2005. O movimento não para de crescer, e esse ano, a novidade é a inauguração da Semana da Mobilidade, que acontece do dia 16 a 24 de setembro, promovida pelo grupo de Mobilidade Urbana da Rede Nossa São Paulo e pelo Coletivo de Mobilização do Dia Mundial Sem Carro da cidade de São Paulo, que reúne diversas entidades que buscam conscientizar os cidadãos e influenciar políticas públicas sobre o tema. O Instituto 5 Elementos, que já faz parte do GT de Educação Ambiental da Rede Nossa São Paulo, também apoia a ideia para que as pessoas experimentem, pelo menos neste dia, formas alternativas de mobilidade, descobrindo que é possível se locomover  – a pé, de ônibus, metrô,  bonde, trem, bicicleta – e vivenciar de perto a cidade onde vivem. Acompanhe no Blog as ações do Instituto 5 Elementos no Dia Mundial sem Carro.




Rua Catão, 1173 – Lapa – São Paulo/SP | CEP:05049-000

55 11 3871-1944

comunicacao@5elementos.org.br

Copyright © 2019 5 Elementos - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio