Instituto 5 Elementos – Educação para a Sustentabilidade participa de debate inovador do “Educar na Cidade”

No dia 11 de julho o CENPEC promoveu uma roda de conversas sobre Educação e Meio Ambiente com a participação de Ana Maria Wilheim, do Instituto Akatu, Mônica Pilz Borba, do Instituto 5 Elementos, Rachel Trajberg, do Instituto Marina Silva e Sheila Checcon, do Instituto Paulo Freire, que deram origem a um rico conhecimento sobre o tema e produção de vídeos sobre as conversas.

Dando continuidade a este processo, em 10 de outubro, a roda de conversas ocorreu novamente, agora com a presença de Marina Silva, ambientalista e ex-ministra do Meio Ambiente.

Com base nestes vídeos sobre as rodas de conversa foram promovidos debates virtuais nos últimos dias 23 e 24 de outubro, visando envolver os internautas na discussão sobre sociedades sustentáveis.

As iniciativas fazem parte do projeto “Educação para São Paulo, uma cidade sustentável”, do Cenpec, Rede Nossa São Paulo, Fundação Tide Setubal, Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS) e IT35, que visa produzir e sistematizar o conhecimento sobre educação para sustentabilidade e mapear práticas educativas que já acontecem nas comunidades. Já os debates virtuais marcaram o lançamento de um site específico do projeto, o “Educar na Cidade” (www.educarnacidade.org.br), que também pretende ampliar o diálogo público sobre a educação e as diferentes dimensões da sustentabilidade.

Via plataforma no Facebook, a coordenadora do Instituto 5 Elementos, Mônica Pilz Borba, debateu ao vivo com os internautas temas como a relação entre a escola, os valores e os objetivos de uma educação sustentável. “Um dos primeiros passos para uma escola sustentável é a liderança da escola abraçar o projeto, há um longo caminho até a introdução desse tipo de trabalho nas escolas estaduais. Pela experiência do Instituto, obtemos melhores resultados quando entramos na escola e envolvemos professores e a coordenação, mas o pouco tempo dos professores é um dos desafios a se enfrentar”, destacou Mônica no vídeo disparado antes do debate.

Segundo Cristina Fernandes de Souza, os debates virtuais permitem abrir o microfone para a sociedade compartilhar temas de seu interesse. “Esses canais de comunicação não dependem da mídia tradicional, possibilitando às diferentes organizações e grupos convocarem os cidadãos para a ação”, defende a comunicadora do Cenpec. Também participaram dos debates virtuais as especialistas em Educação para a Sustentabilidade: Maria Alice Setubal (Cenpec, IDA e Fundação Tide Setubal), Rachel Trajber (Instituto Marina Silva) e Ana Maria Wilheim (Instituto Akatu).




Rua Catão, 1173 – Lapa – São Paulo/SP | CEP:05049-000

55 11 3871-1944

comunicacao@5elementos.org.br

Copyright © 2019 5 Elementos - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio