500 mil pessoas dizem sim à #rede; agora precisamos ir mais longe

Hoje, 13 de junho, atingimos a primeira meta: conseguimos 500 mil assinaturas de apoio à criação da #rede! A vitória é resultado de um trabalho realizado de forma colaborativa, baseado na força de vontade e na dedicação de voluntários espalhados por todo o Brasil. Trata-se de um feito inédito na história da política brasileira. Foram três meses de trabalho intenso.

A mobilização se intensificou mês a mês e vimos cada vez mais pessoas se manifestarem a favor da #rede. Nos diversos mutirões de coleta de assinaturas realizados, foi possível observar a beleza do processo de exercício da cidadania: as pessoas manifestando seu desejo por um novo modelo de desenvolvimento, por mais democracia e ética na política e assumindo a responsabilidade em relação ao futuro do País.

No gráfico abaixo, nota-se a escalada da mobilização. Hoje, a #rede obtém em uma semana mais assinaturas do que conseguiu no primeiro mês de campanha. A tendência continua sendo de forte alta.

O número de assinaturas que conseguimos até agora já seria suficiente se perdas não ocorressem no processo entre a complementação de informações nas fichas de apoio e a certificação pelos cartórios eleitorais.  Há a estimativa de que essas perdas possam chegar a 40%. É preciso, então, trabalhar com uma boa margem de segurança de modo a garantir o registro da #rede até outubro deste ano.

Por isso, a mobilização precisa continuar, embalada pela adesão de mais de meio milhão de pessoas e pela certeza de que é possível conquistar mais. Vamos coletar mais 300 mil assinaturas até o dia 07 de julho.

Para isso, continuaremos a investir em mutirões de coleta em pontos estratégicos, com grande circulação de pessoas, como os jogos da copa das confederações e as festas juninas.

O que fazer para apoiar a #rede

Nesse momento, mais do que nunca, o apoio de cada um é fundamental. Se você ainda não assinou a ficha de apoio, dar a sua contribuição é fácil: você pode assinar a ficha em um dos mutirões e pode também participar da coleta, conseguindo mais assinaturas para a #rede. Confira a nossa agenda e participe!

Você também pode assinar a ficha de apoio sem sair de casa: é só baixar a ficha, imprimir, preencher os dados e enviar para o endereço da Rede em seu estado.

Por que as perdas acontecem

O processo para a certificação das assinaturas nas fichas de apoio envolve as seguintes etapas: é necessário identificar o número do título de eleitor e da zona elei

toral, as fichas são organizadas em lotes por zona eleitoral e então encaminhadas para que o respectivo cartório confira as assinaturas. Não existe uma normatização da conferência das assinaturas, mas os cartórios eleitorais costumam verificar a assinatura no caderno de votação da última eleição.

Há dois motivos principais para a “perda” das assinaturas. Primeiro, o preenchimento ilegível ou incorreto da ficha de apoio, nomes abreviados, sobrenomes incompletos, i

mpedem a identificação do número do título eleitoral no site do TSE.  Algumas fichas, por isso, nem podem ser encaminhadas para certificação nos cartórios eleitorais. O segundo motivo deve-se ao fato de que não há uma padronização no critério de conferência de assinaturas nos cartórios, o que leva algumas fichas a não serem certificadas – a pessoa assinou na ficha diferente do que assinou no caderno das últimas eleições.

Para evitar a perda da ficha

O preenchimento precisa ser feito em letra legível; use letra de forma, de preferência.

Coloque o seu nome completo. Não abrevie.

O nome da mãe também precisa ser completo e sem abreviações.

Não esqueça de assinar a ficha.




Rua Catão, 1173 – Lapa – São Paulo/SP | CEP:05049-000

55 11 3871-1944

comunicacao@5elementos.org.br

Copyright © 2019 5 Elementos - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio